domingo, 30 de setembro de 2012

sábado, 29 de setembro de 2012

Aniversário do Grêmio Literário e Recreativo Português

Hoje, 29 de setembro, o Grêmio Literário e Recreativo Português completa 145 anos. Seguindo a programacão dos festejos pelo transcurso da data,  a associação civil comemora com um show do cantor Martinho da Vila, hoje, na sede campestre. Imperdível.

Amanhã será celebrada Missa na Capela de Santo Antônio de Lisboa, na sede campestre, e em seguida será servido bolo e refrigerante aos presentes.

Parabéns ao Clube, sua Diretoria e Associados.


Embaixador de Portugal em Belem

No domingo passado, dia 23, o senhor Embaixador Francisco Ribeiro Telles foi homenageado no Gremio Literario e Recreativo Portugues.

Sobre sua visita a Belem, acesse

http://www.vcportugalbelem.org.br/

Círio Gremista

Aconteceu no domingo passado na sede campestre do Grêmio Literário e Recreativo Português a procissão e celebração da Missa no salão social em comemoração à visita da imagem de Nossa Senhora de Nazaré.

Diretores e associados da Associação Vasco da Gama participaram do evento religioso. Registramos alguns momentos:

O estandarte foi confeccionado pelo estilista Wendel Campos. Belíssimo!
Arnaldo Abílio Rodrigues, vice-presidente da Associação Vasco da Gama

Membros da Guarda da Santa

Os músicos, que tão bem conduziram os cânticos da Missa.






A imagem de Nossa Senhora de Nazaré, padroeira do Pará, permaneceu no clube por todo o dia, onde inúmeros associados puderam fazer suas orações e fotografar.

O andor, muito bonito, foi decorado por Almir Vaz,  funcionário do clube.

quarta-feira, 19 de setembro de 2012

Feira Pan-Amazônica do Livro homenageia Portugal

A Feira Pan-Amazônica do Livro chega este ano à 16ª edição e irá homenagear Portugal. O evento acontece de 21 a 30 de setembro na cidade de Belém, no estado do Pará. A feira é o 4º maior evento do gênero no Brasil e o maior acontecimento literário da região Norte do país. O ano passado recebeu 420 mil visitantes. O embaixador de Portugal estará na abertura. 

Leia mais no Portugal Digital.

sexta-feira, 7 de setembro de 2012

Independência do Brasil

Denomina-se Independência do Brasil o processo que culminou com a emancipação política do território brasileiro do Reino Unido de Portugal, Brasil e Algarves (1815-1822), no início do século XIX, e a instituição do Império do Brasil (1822-1889), no mesmo ano. Oficialmente, a data comemorada é a de 7 de setembro de 1822, em que ocorreu o chamado "Grito do Ipiranga". De acordo com a historiografia clássica do país, nesta data, às margens do riacho Ipiranga (atual cidade de São Paulo), o Príncipe Regente do Brasil, então D. Pedro de Alcântara de Bragança (futuro imperador Dom Pedro I do Brasil), terá bradado perante a sua comitiva: "Independência ou Morte!". Determinados aspectos dessa versão, no entanto, são contestados por alguns historiadores em nossos dias.
A moderna historiografia em história do Brasil remete o início do processo de independência à transferência da corte portuguesa para o Brasil, no contexto da Guerra Peninsular, a partir de 1808.

Ano de Portugal no Brasil / Mariza e Roberta Sá cantam na Praça das Fontes na capital federal


Brasília - A programação do Ano do Brasil em Portugal e do Ano de Portugal no Brasil será aberta esta sexta-feira em Brasília com a apresentação da cantora portuguesa Mariza e da brasileira Roberta Sá, num show que marca também o Dia da Independência do Brasil, feriado nacional. As duas cantoras, apoiadas pela Orquestra Sinfónica do Teatro Nacional Cláudio Santoro, prometem unir Portugal e o Brasil em palco, a partir das 18h, na Praça das Fontes, no Eixo Monumental da capital brasileira.
E na plateia os dois países estarão também unidos. O ministro português dos Negócios Estrangeiros, Paulo Portas, estará lado a lado com o ministro brasileiro das Relações Exteriores, Antonio Patriota, e com a ministra da Cultura do Brasil, Ana de Hollanda. Também marcarão presença no evento, além do embaixador português no Brasil, Francisco Ribeiro Telles, os comissários do Ano de Portugal no Brasil e do Brasil em Portugal, Miguel Horta e Costa e Antonio Grassi.
O concerto desta sexta-feira, realizado pelos governos dos dois países, tem o patrocínio da EDP.
Até 10 de junho de 2013, Dia de Portugal, os dois países irão desenvolver diversos eventos, num e noutro lado do Atlântico, numa iniciativa acordada em 2010 por ambos os governos.
Na cerimônia de apresentação da programação brasileira, realizada no Palácio de São Clemente, no Rio de Janeiro, residência oficial do cônsul-geral de Portugal na cidade, a ministra brasileira da Cultura, Ana de Hollanda, disse esperar que o conjunto de atividades "promova nossas indústrias culturais, dando novo alento à cooperação entre Brasil e Portugal".
Já Antonio Grassi, presidente da Fundação Nacional das Artes (Funarte), entidade responsável pela programação brasileira, anunciou os investimentos que serão feitos. Só para este ano estão previstos R$ 7 milhões (cerca de 2,8 milhões de euros), sendo R$ 3 milhões do Ministério da Cultura, R$ 3 milhões da Funarte, e R$ 1 milhão do Ministério das Relações Exteriores.
Em Portugal, além de Lisboa, mostras e espetáculos ligados à cultura brasileira serão levadas ao Porto, Guimarães, Coimbra, Sintra e Faro.
As apresentações serão feitas em museus, teatros e praças, estando previsto que sejam gratuitas nos espaços públicos e nas demais situações o preço dos ingressos deverá ficar abaixo de 10 euros, disse Grassi.
Na capital portuguesa, por meio de uma parceria com o Ministério do Turismo, será aberto um espaço cultural para acolher mostras brasileiras, entre elas a dedicada a Clarice Lispector, exposta no Museu da Língua Portuguesa em São Paulo.